Sem mais plano B: Wagner enterra especulação de ser candidato a outro cargo eletivo e vai para o senado, e diz , “Não voltarei atrás”

O ex-governador da Bahia e ex-ministro Jaques Wagner sepultou de vez a especulação que pairava sobre seu nome para eventual candidatura ao Palácio do Planalto em caso de impedimento do ex-presidente Lula. Neste sábado (4), o PT baiano realizou a convenção e confirmou Wagner como candidato ao Senado na chapa majoritária do governador Rui Costa (PT).

Nas redes sociais, Wagner fez questão de enfatizar a oficialização da sua corrida ao Senado: “Homologuei minha candidatura ao Senado e não voltarei atrás. Sou candidato a senador”.

Apesar de Lula ter sido condenado em segunda instância na Lava Jato, o PT confirmou a candidatura do ex-presidente ao Palácio do Planalto em convenção realizada neste sábado. Em tese, o petista não poderia disputar cargo eletivo, mas o partido buscará casos semelhantes para defender o registro da candidatura no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Ver imagem no Twitter

 

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*