Palmeiras deve exercer prioridade de compra por Zé Rafael em 2019

O Palmeiras deve exercer a prioridade de compra que tem acertada com o Bahia para a aquisição do meia atacante Zé Rafael em 2019. Este acordo, que vale por dois anos, foi firmado entre os clubes no início desta temporada, quando o Tricolor adquiriu o meia Allione por empréstimo, novamente, junto ao time paulista.

A negociação funciona da seguinte maneira: o Palmeiras precisa ser consultado caso o atleta receba uma proposta para sair do Bahia, inclusive por empréstimo. Os dirigentes tricolores precisarão informar aos paulistas em até 24 horas sobre o real interesse de um clube rival por Zé Rafael. Se optar por igualar uma eventual oferta, o Verdão será o destino do jogador.

O time do técnico Felipão foi informado nos últimos dias de que Zé Rafael vem recebendo bastante assédio e como o meia atacante vem tendo atuações de destaque desde o ano passado, o clube paulista quer exercer a prioridade a qual tem direito para fazer uma proposta oficial em breve pelo jogador visando a próxima temporada.

Com contrato até 2020, o valor da multa rescisória de Zé Rafael é de 10 milhões de euros ou cerca de R$ 38 milhões. Caso não iguale este valor, o Palmeiras deve entrar em negociações com a diretoria do Bahia para chegar a um acordo e comprar o jogador no próximo ano.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.


*