Com pênalti polêmico, Vitória cai para o Inter e pode voltar ao Z-4

O Vitória saiu na frente do placar, mas levou a virada do Internacional na tarde desta domingo, 30, no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS), em partida válida pela 27ª rodada do Brasileirão. Com um excelente primeiro tempo, desconcentração no segundo e um pênalti polêmico no final do jogo, o Rubro-Negro perdeu por 2 a 1 e corre o risco de voltar ao Z-4.

Com o resultado, o Vitória estaciona nos 29 pontos e ainda pode entrar na zona de rebaixamento ao final desta rodada. Na próxima sexta-feira, 30, o Leão recebe o Santos no Barradão, pela 28ª rodada do Brasileirão.

O jogo

Com o triunfo pela manhã e a liderança provisória do Palmeiras, o Internacional, que era líder há duas rodadas, precisava desesperadamente vencer o Vitória para voltar ao topo. No entanto, quem começou atacando foi o Rubro-Negro e chegou a balançar as redes do adversário em uma falha da defesa do Inter. Logo no início da partida, o zagueiro Colorado tentou recuar a bola para o goleiro e acabou marcando contra o patrimônio.

Porém, o gol não fez o Leão recuar mesmo atuando fora de casa e contra uma equipe do G-4. Ramon teve uma chance pelo alto, mas o goleiro Marcelo Lomba fez boa defesa. À vontade, a equipe de Carpegiani trocava passes com tranquilidade no meio de campo. O Inter chegava na área adversária, mas não conseguia concluir em gol.

Aos 13 minutos, o Colorado teve a sua primeira chance. Em uma falta perigosa, D’Alessandro acertou a trave do goleiro Ronaldo. O Inter tinha mais posse de bola, entretanto, como não está acostumado a jogar assim, era improdutivo.

Com quatro volantes de origem, o Vitória tinha uma melhor compactação, o que impedia as trocas de passes do time da casa na entrada da sua área e conseguia desarmar e explorar alguns contra-ataques. Em um destes desarmes, Neilton foi lançado e, sozinho com o goleiro, errou o domínio.

No final do primeiro tempo, o Inter agredia mais e chegou com perigo à meta de Ronaldo. Nos acréscimos, o Leão ainda perdeu outra chance clara de ampliar o placar, após contra-ataque com Neilton.

No segundo período, o Vitória foi acuado pelo Colorado, que chegava com mais facilidade na área e criava mais dificuldades para a defesa do Leão. A zaga se segurava com muita valentia. Aos 14 minutos, Lucas Fernandes entrou no  lugar de Neilton, para dar mais fôlego ao ataque e tentar chegar ao gol do Inter.

Aos 17, minutos, Nico López chutou para o gol sem goleiro, mas Ramon consegue tirar quase em cima da linha. Um minuto depois, não teve jeito. Após falha na saída de bola do Vitória, o Internacional chegou empate numa cabeçada mortal de Leandro Damião, sem dar chances ao goleiro Ronaldo.

Buscando o triunfo, Carpegiani sacou o volante Meli para a entrada do atacante Wallyson. O Rubro-Negro tentou atacar para afastar o Inter de sua área, porém, os erros de passe interferiram num desempenho melhor.

Perto dos 40 minutos, um erro capital prejudicou o Vitória. O auxiliar enxergou toque de mão dentro da área e o árbitro assinalou pênalti para o Colorado. Na cobrança, o meia argentino D’Alessandro deslocou o goleiro para decretar a virada. Após o apito final, os jogadores do Vitória foram reclamar da arbitragem e Neilton acabou sendo expulso.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*