Família faz campanha para menino de 6 anos que precisa de transplante de medula óssea

A família do pequeno Benjamin Diego Santana Alves, 6 anos, segue com uma corrente de solidariedade em prol da saúde do menino nas redes sociais.

Em novembro de 2015, quando Benjamin tinha apenas 3 anos,  foi diagnosticado com leucemia linfoide aguda (LLA). Depois de enfrentar o tratamento com quimioterapia durante dois anos, os pais receberam a notícia que ele estava curado. Mas, a família teve que enfrentar uma nova luta, quando Benjamin começou a ter crises alérgicas. E, após a realização de um exame, foi descoberto que a doença tinha voltado.

A família é natural de Aracaju, e o menino está em tratamento em Salvador, no Hospital São Rafael. Nas campanhas feitas por meio de redes sociais, a família informa que Benjamin só será curado através de um transplante de medula óssea.

Para se tornar doador de médula é necessário ter entre 18 e 55 anos e estar em bom estado geral de saúde. O interessado deve se dirigir a um dos hemocentros do Hemoba, na capital baiana, fazer a coleta do sangue e se cadastrar. Após cruzamento com dados de Benjamin, se houver compatibilidade, o doador será chamado para confirmar a doação.

Mais informações:
Perfil do Ben no Facebook
Perfil do Ben no Instagram

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*