Projeto de hospital baiano visa reverter sequelas de AVC

O Hospital Geral Roberto Santos (HGRS) poderá realizar cirurgia com o objetivo de reverter sequelas de acidente vascular cerebral isquêmico (AVCI) em pacientes acometidos pela doença.

A iniciativa, que ainda está em fase de projeto, foi criada pelo coordenador do setor de neurocirurgia da unidade de saúde, Leonardo Avellar, e no dia 23 deste mês, receberá o neurocirurgião Marcelo Magaldi, de Minas Gerais, pra realizar a apresentação a médicos e residentes internos e externos ao HGRS.

De acordo com Avellar, a expectativa é de que o hospital se torne o quarto no mundo a implantar a abordagem neurocirúrgica tardia em AVCI. Atualmente, este procedimento só é realizado em Minas Gerais, na Flórida e no Canadá.

“Estamos falando de algo revolucionário para a medicina. O AVC é uma das principais causas de morte e incapacitação no mundo. Nos primeiros sinais da doença, há um prazo de quatro a seis horas para reverter sequelas e isso, comumente, é feito com o uso de drogas”, comenta Avellar.

Os interessados podem se inscrever através da plataforma Sympla. O evento, que possui entrada franca, é voltado para médicos, residentes e estudantes de medicina.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*