Suspeitos de integrar quadrilha são presos com drogas em Alagoinhas e Pojuca

Sete pessoas suspeitas de integrar uma quadrilha de tráfico de drogas foram presas e dois menores apreendidos na tarde desta quarta-feira, 14, nos municípios de Pojuca e Alagoinhas. Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), os suspeitos foram encontrados após policiais localizarem uma menor com drogas em um ônibus.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), durante abordagens a transportes coletivos em Pojuca (distante 77 km de salvador), uma adolescente de 14 anos foi apreendida com 29 pinos de cocaína, 50 gramas de crack e um quilo e meio de maconha, em um veículo com destino ao município de Alagoinhas (distante 116 km de Salvador). A menor informou aos policiais sobre outros integrantes da quadrilha que eram responsáveis pelo tráfico.

“Ela seria a responsável por entregar a droga em Alagoinhas. Após a abordagem, ela deu os nomes e fomos localizando os outros que atuam em Salvador, Dias D’Ávila e Alagoinhas”, ressaltou o comandante da 32ª CIPM, major Washigton Costa.

Conforme a SSP, a adolescente informou que pegou as drogas com Leandro Barbosa Simões, mais conhecido como ‘Japa’. Ele foi localizado, em seguida, com 61 gramas de maconha e um simulacro de arma de fogo, em Pojuca.

Após Japa ser encontrado, ele indiciou que seu tio Valdomiro Sousa Barbosa, estava com 244 gramas de maconha e 14 balas da mesma substância. Ele foi flagrado tentando esconder o material.

Ainda de acordo com o órgão, a garota de 14 anos também disse que Elianderson Silva Souza, o ‘Bob’, residente de Alagoinhas, a enviou a Pojuca para buscar as drogas. A Polícia Civil da unidade o localizou no centro comercial de Alagoinhas.

Bob foi detido e afirmou a polícia que os entorpecentes seriam entregues a Alan Nery, 25 anos, que foi localizado junto com Alisson dos Santos, de 19 anos, e um menor de 17. Com eles foram encontrados um simulacro de pistola, uma balança e 15 buchas de maconha.

Outros dois homens indicados por Japa como fornecedores de drogas, Alisson de Jesus dos Santos e João Amaro da Purificação, também faziam parte da organização criminosa e foram presos. Trinta e sete pedras de crack (prontas para a venda), R$ 535, 89 gramas de maconha, 12 balas da mesma substância e 195 pinos vazios para colocar cocaína foram encontradas com eles.

Os suspeitos foram encaminhados juntos com os entorpecentes para a Delegacia Territorial de Pojuca e estão à disposição da justiça. Já os adolescentes foram enviados ao juizado de menores.

Seja o primeiro a comentar

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Comunidade Autêntica. É de inteira responsabilidade de seus autores podendo responder caso violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.