Suspeitos invadem casa e fazem reféns no bairro de Santa Cruz

Uma família passou momentos de terror em mãos de um cinco suspeitos no final da tarde desta quinta-feira, 15, na rua Professor Luiz Pinto, no bairro da Santa Cruz, em Salvador. De acordo com a Polícia Militar (PM-BA), o grupo estava fugindo das guarnições quando se abrigaram na residência e fizeram dois adultos e uma criança de 6 anos de reféns. O sequestro durou cerca de 1h, e contou a ação da 40ª Companhia Independente da PM (CIPM/Nordeste de Amaralina) e das Rondas Especiais (Rondesp) Atlântico.

Segundo o capitão da 40ª CIPM, Roberto Bonfim, a guarnição estava fazendo ronda na região, quando foram surpreendidos pelo grupo. “Estávamos fazendo um patrulhamento de rotina na localidade do Candomblé, região já conhecida pelos confrontos, quando nos deparamos com esse grupo armado que abriram fogo contra as guarnições. Visualizamos os indivíduos pulando de muro em muro de residências. Inciamos o cerco ao local. Quando nos aproximamos da residência, eles abriram fogo. O sargento Neri chegou a ser atingido”, contou.

Residência invadida pelo grupo durante o confronto com a polícia
Residência invadida pelo grupo durante o confronto com a polícia (Foto: Adilton Venegeroles | Ag. A TARDE)

Os suspeitos se entregaram após algumas exigências serem atendidas. “Eles Pediram a presença da imprensa e dos familiares e garantia de vida. Pedimos que eles cessassem fogo. Graças a Deus, não houve perda de vidas, não houve nenhum ferido com gravidade. Todos os reféns liberados”, comemorou capitão Bonfim.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP-BA), os cinco homens são suspeitos de fazer parte de uma quadrilha de traficantes que atuam na região do Nordeste de Amaralina. Com eles, foram apreendidos três pistolas e um revólver calibre 38, além de drogas e celulares.

O sargento que levou um tiro na perna direita foi socorrido para o Hospital Geral do Estado e liberado em seguida.

Na ação, três pistolas e um revólver calibre 38, além de drogas e celulares foram apreendidos
Na ação, três pistolas e um revólver calibre 38, além de drogas e celulares foram apreendidos (Foto: Adilton Venegeroles | Ag. A TARDE)

Momentos de terror

Os bandidos invadiram a casa de Walisson Silva de Souza por volta de 16h, quando pegaram seu filho de 6 anos como reféns. “Estávamos assistindo TV, quando ouvimos uma zoada no telhado. Primeiro achamos que fosse um gato, mas a zoada foi forte e o telhado quebrou. Ele (a criança) correu para a outra laje, quando eu fui ver já tinha gente na laje. Aí, o pessoal (os bandidos) pegou ele como refém. Eu ainda tentei pegar ele, mas o pessoal já estava com ele”, relatou o pai do garoto, que também ficou sob o poder dos suspeitos.

Após a prisão, todos foram encaminhados para o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHHP). Os cinco homens foram atuados em flagrantes pelos crimes de tráfico de drogas, homicídio tentado, carcere privado e resistência à prisão.

Seja o primeiro a comentar

Aviso: Os comentários são de responsabilidade dos autores e não representam a opinião do Comunidade Autêntica. É de inteira responsabilidade de seus autores podendo responder caso violem a lei e/ ou direitos de terceiros. Comentários postados que não respeitem os critérios podem ser removidos sem prévia notificação.